About Us

Sobre o CEMT

A HISTÓRIA DO CEMT – CRIAÇÃO E DESENVOLVIMENTO

A ideia da criação do Colégio de especialidade de medicina do trabalho, abreviadamente designado CEMT, teve o seu embrião nos bastidores do Centro de Convenções de Talatona, no intervalo de uma das sessões do Congresso da Clínica Multiperfil em Novembro de 2013, em conversa com o bastonário da Ordem dos Médicos de Angola, Professor Pinto de Sousa.

O tema de conversa foi a pertinência da criação de uma associação de médicos do trabalho de Angola, para reunir os profissionais com especialização na área, com o objectivo de criar espaço para a discussão de temas relevantes em torno da saúde do trabalhador no país.

Na ocasião levantaram-se mais dificuldades que soluções: (1) A exiguidade do número de médicos do trabalho no país; (2) Inexistência de um colégio de medicina do trabalho na Ordem dos Médicos; (3) Dificuldades burocráticas e de legislação...

O desafio era vencer estas dificuldades, sendo a primeira delas a criação do Colégio de Medicina do Trabalho, sem o qual não fazia muito sentido partir para uma associação.

O desafio estava lançado, através do despacho nº 012/ GBORMED/13, do Bastonário da Ordem dos Médicos.

O núcleo tinha como missão criar condições para a institucionalização do colégio, sendo para isso necessário elaborar a documentação necessária (regulamento interno, logotipo, formulários para processos administrativos) e preparar as eleições do primeiro corpo directivo do colégio.

Após 10 (dez) reuniões que decorreram na sede da ordem dos médicos e Clínica Sagrada Esperança, o núcleo aprovou a referida documentação que foi submetida à Comissão Executiva Nacional da Ordem dos Médicos de Angola, tendo esta concluido que estavam criadas condições objectivas para a realização da Assembleia Geral para eleição do seu Conselho Directivo Nacional para o primeiro mandato de 3 anos.

As últimas tarefas da comissão instaladora foram:

(1) A inscrição de todos os médicos do trabalho nacionais e estrangeiros em actividade no país e inscritos na Ordem dos Médicos de Angola, com actualização da documentação que confere o título de especialidade de Medicina do Trabalho e o direito de eleger e ser eleito como titular do órgão directivo do Colégio;

(2) A marcação da data para a realização da Assembleia Geral Eleitoral, proposta para Junho/ 2015;

(3) Convocatória geral dos médicos inscritos para a sua participação na Assembleia Geral Eleitoral e comunicada de imprensa;

(4) Extinção da Comissão Instaladora, realização do acto eleitoral e tomada de posse dos titulares eleitos para o Conselho Directivo.

Com 11 membros convocados para o efeito, (compareceram 8), o acto eleitoral ocorreu no dia 13 de Junho/2015, no anfiteatro do Instituto de Oncologia, dirigido pela Comissão Executiva Nacional da Ordem dos Médicos de Angola, representada pela Dra. Maria Isabel Massocolo Neves.

A lista única proposta foi eleita para o mandato de 3 anos (2015-2018) com 8 votos (100%). 

A cerimónia de tomada de posse presidida pelo Bastonário da Ordem dos Médicos de Angola ocorreu na sala de reuniões da Ordem dos Médicos de Angola no dia 25 de Junho de 2015

Desde a sua criação em Junho/2015, o CEMT tem crescido em número de membros, proporcionalmente na sua qualidade técnica, ideia novas, projectos e realizações.

Desde então e com base no seu regulamento interno, o Colégio tem emitido pareceres técnicos para concessão de títulos de especialidade de médicos nacionais e estrangeiros, solicitados pelo Conselho Nacional de Especialização Pós-Graduada em Ciências Médicas do Ministério da Saúde.

Em Janeiro de 2016 registamos a entrada de vários médicos do trabalho recém formados no primiero curso de medicina do trabalho realizado no País.

De um grupo inicial de pouco menos de 10 médicos do trabalho inscritos, passamos a cerca de 30 membros efectivos do CEMT, conferindo maior qualidade e abrangência na abordagem dos vários temas relacionados com a saúde do trabalhador.

A actualização e formação contínua dos médicos do trabalho é um dos objectivos constantes no manifesto eleitoral do CD do CEMT 1(2015-2018) e materializou-se através de sessões clínica mensais designadas de “o café”, ministradas no final das reuniões ordinárias, com sugestão de temas diversos pelos membros do colégio.

Ainda no capítulo da formação, como actividades de maior destaque, realce para realizações de Jornadas científicas internacionais, sendo as primeiras nos dias 21 e 22 de Outubro/2016 no condomínio Belas Bussinnes Park em Talatona-Luanda com cerca de 350 participantes e as segundas Jornadas nos dias 27 e 28 de Abril de 2018, no auditório principal do Memorial Dr. António Agostinho Neto, com cerca de 300 participantes. Esta actividade foi antecedida de um curso pré-jornada no dia 25 de Abril/2018 com participação de 24 médicos de diferentes especialidades.

A abordagem holística da saúde do trabalhador partilhada com todos os sectores da sociedade, tem permitido a participação desta nos eventos científicos avaliado pelos trabalhadores como de bastante relevância, pois servem de palco para discussões dos mais variados temas que constituem as maiores preocupações para os empregadores, empregados, empresas seguradoras, instituições públicas e população geral.

Deve-se igualmente realçar as parcerias com várias empresas que desde as primeiras jornadas têm abraçado a causa, não só com contribuições financeiras e materiais mas de forma bastante significativa com o seu envolvimento na abordagem técnica e científica dos temas propostos para estes eventos.

No âmbito da pós graduação em medicina do trabalho como opção de formação dos médicos em Angola, o CEMT elaborou e apresentou à Ordem dos Médicos, uma proposta de Regulamento do Programa de Formação do Internato Complementar de Medicina do Trabalho, que no quadro da legislação em vigor apresenta as linhas gerais sobre critérios de acesso ao internato, estrutura do programa, conteúdo programático mínimo, competências a seres desenvolvidas e sistemas de avaliação.

A nossa expectativa é que esta proposta sirva de incentivo às instituições de ensino para a criação de interntos médicos que atraiam médicos interessados na formação especializada na área no país.

O CEMT tem participado em outras actividade educativas e de informação como programas de rádio e televisão; semanas de saúde e segurança nas comemorações alusivas do dia mundial de memórias às vítimas de acidentes de trabalho e doenças profissionais, congressos e outros.

 

O que fazemos 

Missão

The point of using Lorem Ipsum is that it has a more-or-less normal distribution of letters, as opposed to using 'Content here, content here', making it look like readable English.

visão

The point of using Lorem Ipsum is that it has a more-or-less normal distribution of letters, as opposed to using 'Content here, content here', making it look like readable English.

Valores

The point of using Lorem Ipsum is that it has a more-or-less normal distribution of letters, as opposed to using 'Content here, content here', making it look like readable English.

1+
Membros
1+
Projects
1+
Locations
Testemunhos

The point of using Lorem Ipsum is that it has a more-or-less normal distribution of letters, as opposed to using 'Content here, content here', making it look like readable English.

Samantha Smith Sales Executive

The point of using Lorem Ipsum is that it has a more-or-less normal distribution of letters, as opposed to using 'Content here, content here', making it look like readable English.

Gregory Wilson Accountant

The point of using Lorem Ipsum is that it has a more-or-less normal distribution of letters, as opposed to using 'Content here, content here', making it look like readable English.

Robin Tunny Assistant Manager